Comando considera proposta do Banrisul satisfatória e orienta aprovação em assembleia hoje (quarta, 29/8)

O Banrisul apresentou uma proposta considerada satisfatória pelo Comando Nacional dos Banrisulenses, na manhã desta quarta-feira, 29/8, na sede da ASBANCOS. Houve avanços. Além da garantia de manter as conquistas históricas, o Banrisul irá pagar abono de R$ 1.000 de forma linear para todos os colegas no próximo dia 12 de setembro. As antecipações das primeiras parcelas da PLR Fenaban e da PLR Banrisul também serão depositadas nesta data. O Comando orienta os colegas do Banrisul à aceitação da proposta na assembleia unificada de hoje (quarta-feira, 29/8), às 18h, no Clube do Comércio, Centro Histórico de Porto Alegre).

Além disso, o banco vai seguir a Convenção Coletiva Nacional da Fenaban e aplicar 5% de reajuste (1,18% de aumento real) em todas as verbas salariais dos Banrisulenses (piso, tíquetes, cestas, etc). Ao construir a retirada da proposta do banco de horas do Acordo Coletivo Específico, o Comando firmou com a diretoria o compromisso de aprofundar este tema em negociação específica.

Outra questão importante foi a retomada das mesas de negociações permanentes de segurança, condições de trabalho e diversidade. A primeira reunião da Comissão de Segurança, Saúde e Condições de Trabalho será no próximo dia 25 de setembro. As outras mesas ocorrerão periodicamente na penúltima terça-feira de cada mês. Os representantes dos trabalhadores pontuaram a importância de o Banrisul estabelecer com urgência um cronograma de padronização dos equipamentos de segurança.

Quanto à negociação permanente de diversidade, ficou acordado que essa Comissão irá esperar a apresentação, pela Fenaban, dos Dados da Pesquisa de Diversidade.

O secretário-geral do SindBancários e funcionário do Banrisul, Luciano Fetzner, ponderou a dificuldade da primeira Campanha Nacional Salarial sob a vigência da Lei 13.467, a da reforma trabalhista, para construir avanços. “O contexto de retrocessos trazido pela reforma trabalhista trouxe muitas incertezas para a nossa campanha salarial. Este ano foi de resistência e de enfrentamento aos ataques sofridos pelos trabalhadores. Os bancários mais uma vez provaram que a unidade nacional é a nossa maior força. Agora, é a hora dos colegas comparecerem à assembleia para podermos tomar, com muita tranquilidade e muita responsabilidade, a melhor decisão para a nossa categoria”, explicou Luciano.

Veja resumo da proposta apresentada pela diretoria do Banrisul nesta quarta, 29/8

> Manutenção das conquistas históricas do Acordo Coletivo Específico dos Banrisulenses e da Convenção Coletiva de Trabalho com a Fenaban.

> Abono linear, para todos os empregados, no valor de R$ 1.000, pago em 12 de setembro.

> Acordo Coletivo Específico vale até 31 de agosto de 2020, com 1% de aumento real garantido para 2019.

> Banco de horas foi retirado da mesa. Comando firmou com a diretoria o compromisso de aprofundar este tema em negociação específica.

> Pagamento da PLR Fenaban e da PLR Banrisul em 12 de setembro.

> Retomada da negociação permanente nas comissões de diversidade, saúde, segurança e condições de trabalho. Primeira reunião será em 25 de setembro na Comissão de Segurança, Saúde e Condições de Trabalho. Os outros encontros ocorrem nas penúltimas terças-feiras de cada mês.

> Mesa permanente de diversidade será retomada assim que a Fenaban concluir o Censo da Diversidade.

> Reajuste de 5% (1,18% de aumento real) em todas as verbas salariais dos Banrisulenses (piso, tíquetes, cestas, etc) conforme proposta da Fenaban.

Fonte: Imprensa SindBancários

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar