Fetrafi questiona aumento de salário para diretoria do Banrisul

Reajuste para os indicados do governador chega a 100%

Na sessão plenária da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul desta terça-feira, dia 7 de maio, a votação para aprovar a contratação de Cláudio Coutinho para a presidência do Banrisul e de outros cinco nomes para compor a diretoria do Banco foi adiada. O motivo foi a falta de quórum, mas durante os encaminhamentos, o deputado Sebastião Melo (MDB) questionou o salário que será oferecido ao staff. Salário esse que vai pular de cerca de R4 45 mil para R$ 90 mil segundo nota divulgada na mídia.
Dias antes da sessão, a Fetrafi-RS fez o mesmo questionamento em carta para o governador Eduardo Leite e para o secretário da Fazenda Marco Aurélio Cardoso protocolada pela Casa Civil no dia 15 de abril. Na carta, a Federação solicita esclarecimentos a respeito do que foi publicado na imprensa, uma vez que o percentual de aumento salarial neste caso chegaria a 100%, enquanto que os trabalhadores e trabalhadoras do Banrisul receberam em setembro míseros 5% de reajuste.

Além disso, um reajuste desta magnitude, como diz a carta, “destoa completamente da situação vivida pelos servidores do Estado”, pois para trabalhadores e trabalhadoras de outras áreas fundamentais, como segurança e educação, o salário não vem sendo sequer pago em dia.

A Fetrafi, até hoje, dia 8 de maio, não recebeu resposta do Governo do Estado.

Leia a carta na íntegra neste link.

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar