Bancários do Santander recebem PLR no dia 20

Banco atendeu reivindicação da Contraf e vai antecipar pagamento segunda parcela da Participação nos Lucros e Resultados; data limite prevista pela CCT é 2 de março

A Contraf reivindicou e o Santander vai antecipar para o dia 20 o pagamento da segunda parcela da Participação nos Lucros e Resultados aos bancários.

A regra básica da PLR será majorada de acordo com o lucro do banco – que cresceu 35,6% em 2017 – e os trabalhadores receberão 2,2 salários, descontada a primeira parcela paga no ano passado, limitado a R$ 26.478,55.

A parcela adicional também será paga pelo teto, de R$ 4.487,16, descontado o valor de R$ 2.243,58, creditado em 2017.

Todos os bancários do Santander receberão pelo menos R$ 2.260,50 a título de PPRS (Programa Próprio de Resultados do Santander).

“O lucro do Santander foi astronômico e fruto do resultado do trabalho dos bancários. A distribuição de todo esse lucro é uma luta constante do Sindicato, seja por meio da PLR, dos programas próprios, com melhores salários, empregos e condições de trabalho. A força da união e mobilização entre bancários e Sindicato é que faz nossos direitos avançarem”, afirma  Maria Rosani, Coordenadora da Comissão de Organização dos Empregados do Santander.

Isso é conquista – Os bancários foram a primeira categoria a conquistar o direito à PLR previsto na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) nacional, em 1995. A luta conjunta ao lado do Sindicato garantiu outros avanços como forma de distribuir renda por meio da Participação nos Lucros de Resultados dos bancos. Na Campanha Nacional Unificada de 2007, a mobilização da categoria garantiu o valor adicional à PLR. Além disso, desde 2013, os trabalhadores têm direito à PLR sem IR para determinados valores e, a partir desses, descontos progressivos.

 

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar