Funcionários do BB realizam ato contra o desmonte da empresa

Protesto dos funcionários do BB cobra mais respeito com a população e com os empregados da empresa.

Nesta sexta-feira, 9, funcionários do Banco do Brasil realizaram manifestações em frente a agência da praça XV no centro da capital, devido ao desmonte disfarçado de PAQ que foi anunciado pela direção do banco no dia 29 de julho. Em resposta, os funcionários vestiram preto e cobraram transparência e respeito aos trabalhadores. O ato contou com a presença de representantes dos Sindicatos de Criciúma, Araranguá e Blumenau.

Durante a atividade, dirigentes do Sindicato dialogaram com a população sobre a importância dos bancos públicos na operação de políticas públicas sociais fundamentais para o desenvolvimento do país. Outro objetivo do ato foi denunciar a intenção da direção do Banco do Brasil de priorizar o atendimento através de agências digitais, afetando grande parte dos seus clientes e usuários, descumprindo assim a sua função pública e social ao discriminar a população sem acesso aos meios tecnológicos.

“A defesa do Banco do Brasil e da sua função social e a defesa dos direitos dos funcionários são pautas indissociáveis. Diante de um governo extremamente privatista, temos que estar todos unidos e mobilizados para defender nossos empregos, direitos e a manutenção do BB como instituição fundamental para o desenvolvimento do país ”, destacou o dirigente do Sindicato e membro da CEBB Luiz Toniolo.

“O Banco do Brasil é indutor de crescimento e atua em áreas onde o setor privado não tem interesse. A manutenção do banco como instituição pública permitirá que o banco faça muito mais pelos brasileiros no acesso ao crédito”, alertou o presidente do Sindicato e funcionário do BB Marco Silvano.

 

SEEb Floripa

 

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar