Equacionamento de 2016 na Funcef (REG/Replan)

Deve começar no dia 20 deste mês a cobrança das contribuições extraordinárias referentes aos planos de equacionamento de 2016 no REG/Replan Saldado e no Não Saldado. A implementação estava prevista para março.

Para os do Saldado, os descontos passarão dos 20% e no Não Saldado, a média será em torno de 20% para os assistidos e 14% para os ativos. As alíquotas de contribuição dependem da faixa salarial no caso dos ativos e assistidos do Não Saldado e serão somadas ao desconto referente a 2015, que já está em vigor.

A contribuição extraordinária total média (contando com a ordinária) com os dois planos de equacionamento será de aproximadamente 20% para os assistidos do Não Saldado, considerando a suplementação média de R$ 6 mil. Já a contrapartida da Caixa, será, em média, de 14,5%. No caso dos ativos do plano, o total de descontos chegará a 17%, considerando o salário médio de R$ 8 mil. E a contrapartida média da patrocinadora ficará em torno de 14%.

Os ativos do Saldado pagarão contribuição de 9,59% ao mês. Para os que ainda estão na ativa, o desconto será cobrado junto com as taxas dos planos de 2014 e 2015, totalizando 20,83% sobre o benefício calculado. A cobrança se dá sobre o benefício saldado, no caso dos assistidos.

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar