Painel do 34º Conecef sobre Caixa 100% pública é marcado por debates e lançamento de livro

O painel teve a participação da deputada federal Erika Kokay; da representante dos empregados no CA da Caixa, Rita Serrano; e de Felipe Miranda, assessor da Fenae

Reunidos em São Paulo, os delegados do 34º Congresso Nacional dos Empregados da Caixa Econômica Federal (Conecef) debateram na tarde desta quinta-feira (7) os ataques ao banco. O painel “Caixa 100% pública” contou com a participação da deputada federal Erika Kokay (PT-DF); da representante dos empregados no Conselho de Administração do banco e diretora da Fenae, Rita Serrano; e de Felipe Miranda, do Dieese, assessor da Federação. Após o debate, foi lançado o livro “Caixa, banco dos brasileiros“, da Coleção Fenae.

Rita Serrano disse que a política do governo para a Caixa deixa clara a tentativa de desmonte, que se dá com as iniciativas para alterar o Estatuto da empresa. Primeiro, visando a sua transformação em Sociedade Anônima, e mais recentemente com a “privatização” da gestão. Segundo ela, o CA prepara nova mudança estatutária que, se aprovada, atingirá diretamente as carreiras dos empregados e ameaçará a função pública e social da instituição. O colegiado quer acabar com a prerrogativa dos trabalhadores concursados ocuparem Diretorias Executivas, a Diretoria Jurídica e o posto de Auditor Chefe.

Segundo a deputada Erika Kokay, o governo Temer adota com a Caixa a mesma estratégia que vem sendo utilizada com outras empresas públicas. “Usa o discurso de que as empresas públicas são espaços de corrupção ou de ineficiência para justificar a privatização”, explicou. E acrescentou: “a intenção é que a Caixa deixe de ser um banco 100% público e passe a ter a variável, a estratégia de mercado dominando a sua função”.

Felipe Miranda, do Dieese, assessor da Fenae, apresentou números que mostram a importância da empresa para o Brasil. “A Caixa é extremamente eficiente”, enfatizou ele, ao comentar os investimentos em habitação, infraestrutura, dentre outras áreas. “É extremamente importante que a gente defenda o que é público”, disse.

Lançamento de livro

De autoria da representante dos empregados no CA da Caixa, Rita Serrano, o livro “Caixa, banco dos brasileiros“ foi lançado durante o Conecef. A publicação faz parte da coleção Fenae. “Nós decidimos lançar essa coleção para contribuir com a formação política dos colegas, ideia que surgiu a partir da implementação da Rede do Conhecimento, plataforma de cursos da Fenae e das Apcefs”, esclareceu o diretor de Administração e Finanças da Federação, Cardoso. O primeiro livro foi “Bancos Públicos do Brasil”, cujo autor é o economista Fernando Nogueira da Costa.

Fonte: Rede Nacional dos Bancários

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar