Sucateamento: Suspensão do Saúde Caixa

Após negativas de atendimento e descumprimento de prazos máximos, Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspende o ingresso de novos usuários ao Saúde Caixa

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu o ingresso de novos usuários ao Saúde Caixa por conta de problemas relacionados à cobertura assistencial. Dentre eles estão negativas de atendimento e descumprimento de prazos máximos. Nessa condição de suspensão, o Saúde Caixa fica impedido de receber novos dependentes que não sejam filhos ou cônjuges dos atuais associados.

A suspensão ocorreu após reclamações de usuários à ANS. Em plenárias realizadas com os empregados no primeiro semestre, reclamações ao Saúde Caixa foi um dos temas mais recorrentes. Os presentes concordaram que em vez de acionar a ANS, a melhor solução seria procurar a ouvidoria da Caixa, o Reclame Saúde Caixa ou o Sindicato, a fim de evitar que o programa de saúde fosse ainda mais prejudicado. Para fazer uma reclamação na ouvidoria da Caixa CLIQUE AQUI. Para reclamar no Reclame Saúde Caixa, CLIQUE AQUI.

É a primeira vez que o Saúde Caixa é suspenso pela ANS, o que reforça o sucateamento do programa por parte do governo federal, que decidiu reestruturar a GIPES e terceirizou todo o atendimento, fechando as portas para o relacionamento com os usuários, prestadores de serviços e terceiros contratados.

Desde abril, o Saúde Caixa se mantém no topo do ranking dos planos mais reclamados, segundo a ANS. Em fevereiro, o Índice Geral de Reclamações (IGR) do plano era de 8,69 ocorrências para cada 10 mil usuários, muito além da média do segmento, que era de 2,78. Dados de junho mostram que o IGR do Saúde Caixa subiu para 9,63, enquanto a média do segmento está em 3,04.

Fonte: Sindicato de Chapecó com Sindicato de São Paulo

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar