Direção do SEEB orienta sobre ausências decorrentes da greve dos caminhoneiros

Nesta terça-feira, 30,  chegaram ao Sindicato relatos de colegas bancários informando que gestores de algumas unidades têm se recusado a abonar as ausências ocorridas em virtude das  dificuldades originadas pelo desabastecimento de combustível.

A Direção do SEEB já fez contato com as Superintendências dos bancos envolvidos, buscando esclarecimentos sobre os fatos relatados e cobrando que os gestores não imponham aos trabalhadores o ônus por uma crise gerada pela irresponsabilidade do atual governo. Destaca, ainda, que a CONTRAF  já emitiu orientações em virtude do posicionamento da Fenaban pela análise individual de cada caso e o abono das ausências (acessar a matéria aqui).

Portanto, o SEEB Floripa orienta aos bancários que, caso não tenham ainda as suas ausências causadas pela paralisação dos caminhoneiros abonadas pelos seus gestores, enviem através da página do SEEB (link Fale Conosco), mensagem relatando a situação específica que impediu o comparecimento e informando Banco, agência, nome completo, matrícula e fone para contato.

Segundo o Diretor de Assuntos Jurídicos do SEEB, Luiz Toniolo, já houve sinalização da FENABAN para que os bancários que tiveram problemas de deslocamento em função da greve dos caminhoneiros, não fossem prejudicados. “Precisamos mapear em que local de trabalho o bancário está tendo dificuldades em regularizar o ponto e partir para uma ação mais eficaz caso não tenha sucesso na demanda”, concluiu o dirigente.

SEEB Floripa

Imagem: Alair Ribeiro/Mídia News

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar