Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos é lançada em Brasília

Frente é formada por deputados e senadores e é parte da estrutura formal do Congresso Nacional.

A Contraf-CUT e a Fenae participaram nesta quarta-feira (8) do lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos, formada por deputados e senadores e é parte da estrutura formal do Congresso Nacional.
O evento aconteceu durante o Seminário em Defesa dos Bancos Públicos, no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, em Brasília, e contou com a presença de parlamentares de diversos partidos, lideranças e entidades de movimentos sociais e representantes de centrais sindicais.
Participaram também os membros da Aliança Latino-americana em Defesa dos Bancos Públicos da Uni Américas Finanças da Argentina, Paraguai, Uruguai, Colômbia e Perú.
Juvandia Moreira, presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Ramo Financeiro (Contraf-CUT), iniciou sua fala com a lembrança da privatização da Vale, que resultou em duas tragédias. “Essas privatizações visam apenas o lucro, são voltadas apenas para o lucro. O resultado disso foi que a Vale destruiu muitas vidas”, comentou.
Por isso, para a presidenta, hoje a população brasileira entende a importância das empresas públicas e a população brasileira sabe o que representa uma privatização de empresas de serviços públicos básicos. “O financiamento da agricultara familiar depende dos bancos públicos. Se isso for para os bancos privados, o alimento vai chegar mais caro na mesa do trabalhador. Se os bancos públicos acabarem, muitas cidades pequenas do Brasil vão ficar sem agências, pois os bancos privados só estão aonde o dinheiro está. O trabalhador tem que saber que vai pagar mais caro no financiamento da sua habitação. A gente precisa falar claramente com a população o que representa a entrega do patrimônio brasileiro e dizer que estão juntos com os trabalhadores na luta em defesa dos interesses do povo brasileiro. ”
Para o presidente da Fenae, Jair Ferreira, as privatizações são prejudiciais para o crescimento do país e só beneficiam os ricos. “Com a privatização, o Estado perde uma grande ferramenta de desenvolvimento. Se a Caixa deixar de existir, por exemplo, quem vai fazer financiamento habitacional para uma família que ganha até dois mil reais? Só quem tiver muito dinheiro vai poder fazer. É isso que precisamos deixar claro para toda a sociedade”, afirmou.
A Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos irá analisar todos os projetos em tramitação nas duas casas legislativas, Câmara e Senado, e difundir a importância das instituições financeiras públicas para o desenvolvimento do Brasil.
Coordenada pelo senador Jacques Wagner (PT-BA) e o deputado Zé Carlos (PT-MA), ela será também um espaço para a análise de todos os fatores que envolvem as ameaças de privatização, em suas diferentes modalidades, é um canal de diálogo amplo.

SEEB Floripa esteve no evento

O secretário de Assuntos Jurídicos do SEEB e dirigente da Fetrafi/SC, Luiz Henrique Pinto Toniolo, destacou “tenho participado de diversos fóruns de defesa das empresas públicas, e percebo que tem avançado o entendimento de que só iremos barrar estes processos de privatização, com a conscientização da sociedade da importância das empresas públicas. Isso só será possível unificando o discurso e as diversas categorias que atuam no serviço público.”

Seminário “Bancos Públicos e Desenvolvimento”

Após o lançamento da Frente, especialistas em economia renomados, como Sérgio Mendonça, Luiz Gonzaga Belluzzo (Unicamp), ex-chefe da Assessoria Especial do Ministério da Fazenda, Paulo Fernando Cavalcanti Filho (UFPb) e Luiz Fernando de Paula (UFRJ) explicaram a importância dos bancos públicos para a população e para o desenvolvimento do país, durante o Seminário “Bancos Públicos e Desenvolvimento”.
Representantes dos movimentos sociais, de entidades ligadas a bancos públicos, centrais sindicais e universidades também participaram do evento.

 

Contraf-Cut

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar