Santander explora bancários e brasileiros

Banco espanhol confunde trabalho voluntário com trabalho escravo

Neste sábado, dia 11, dirigentes do SEEB Floripa realizaram protesto em frente a agência do Santander na rua Álvaro de Carvalho no centro da capital. Mesmo após o recado dado pela direção do Sindicato no último sábado, 4, o banco insistiu na falácia de trabalho voluntário com pretexto de propiciar educação financeira para população.

O banco convidou clientes para uma aula de educação financeira, medida contraditória tendo em vista o banco ser um dos que mais abusa do bolso do consumidor, com altas tarifas e juros astronômicos. Como se não bastasse, apesar do lucro nas alturas, ainda “solicita” aos bancários que trabalhem como voluntários, ou seja, de graça em dia de folga.

Durante a atividade os bancários puderam dialogar com a população sobre a exploração praticada pelo sistema financeiro: com altas taxas de juros, tarifas e redução dos postos de trabalho que prejudicam o atendimento a clientes e usuários dos bancos. Os Dirigentes do sindicato aproveitaram a oportunidade para distribuir panfletos alertando os clientes sobre seus direitos debatendo com eles o quanto as instituições exploram não só seus empregados como a eles também.

O slogan ‘simples, pessoal e justo’, que o Santander usa na propaganda, está longe da realidade. Pois o banco explora a população e funcionários cobrando taxas abusivas e querendo que seus empregados trabalhem de forma “voluntária”.

A direção do Sindicato reforça que irá continuar atenta e não irá medir esforços para preservar os direitos dos trabalhadores e entende que esta prática adotada pelo banco fere a legislação e é mais um passo numa ofensiva para atacar direitos e engordar o capital dos banqueiros.

O que é trabalho voluntário?

Lei 9.608/1998 define o trabalho voluntário como “a atividade não remunerada prestada por pessoa física a entidade pública de qualquer natureza ou a instituição privada de fins não lucrativos que tenha objetivos cívicos, culturais, educacionais, científicos, recreativos ou de assistência à pessoa.”

Trabalho voluntário é quando a pessoa pode escolher, e não quando é obrigada a fazer na empresa para qual trabalha. Estamos falando de uma empresa que lucra bilhões.

O Sindicato orienta que a categoria fique alerta pois o que hoje é tratado como “voluntário” no Santander pode se tornar obrigatório – inclusive com cobrança de metas. Os trabalhadores que se sentirem pressionados a trabalhar aos sábados devem denunciar ao Sindicato – através dos dirigentes ou no WhatsApp  (48) 99986-1186 – informando nome e agência. O sigilo é garantido.

A direção do Sindicato destaca ainda que, se deixar a moda pegar, podem inventar uma nova modalidade de trabalho voluntário durante a semana onde o colega trabalharia mais duas horas diárias sem pagamento de horas extras. A falácia do voluntariado não respeita dia de semana. Mas, para a Lei, existem grandes diferenças: a jornada do bancário é de segunda a sexta. Horas a mais acima do contrato de trabalho têm que ser remunerada e tem limites legais.

 

SEEB Floripa

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar