Trabalhadores de Florianópolis precisam fortalecer a mobilização contra projeto que privatiza serviços públicos

Gean Loureiro, do PMDB, segue firme rumo ao título de pior prefeito de capital do país.

O prefeito iniciou seu mandato em 2017 atrasando salários de servidores e tentando aprovar um pacote de maldades que revogava o plano de carreira e atacava diversos direitos dos municipários. Foi derrotado pela forte mobilização da sociedade e por uma greve de 38 dias liderada pelo Sindicato da categoria.

Desde então, sua gestão tem se caracterizado pela incapacidade de dialogar com a população e os movimentos sociais da cidade, estabelecendo uma enorme distância entre as promessas de campanha e a realidade de sua atuação frente à prefeitura da capital catarinense.

Em sintonia com o projeto entreguista de Michel Temer, também do PMDB, pretende agora sucatear o serviço público de Florianópolis, transferindo recursos públicos para o bolso dos empresários através das chamadas OS – Organizações Sociais, o que não passa de mais uma forma disfarçada de privatização.

O que não faltam são exemplos de organizações como estas pelo país sendo investigadas por suspeitas de irregularidades, como a cobrança por serviços não realizados, fraude em contratos e não recolhimento de encargos trabalhistas, além é claro, da queda brutal na qualidade dos serviços prestados à população.

Não bastasse o desperdício dos milhões em dinheiro público gasto pelo prefeito na grande mídia para defender o seu projeto de sucateamento, com o apoio de parte da Câmara de Vereadores tenta intimidar o SINTRASEM e os municipários com a abertura de uma CPI para “investigar” o sindicato.

Diante desse retrocesso que pretende destruir o serviço público municipal é imprescindível a unidade das entidades sindicais e da população em defesa da cidade e de seus direitos.

COMENTÁRIOS

Enviar

ENVIAR COMENTÁRIO

Para enviar um comentário você deve se registrar. Para isso use sua conta do Facebook.

ENTRAR COM FACEBOOK

ou se preferir use seu email pessoal

Esqueceu sua senha?

Enviar